Área do aluno

O que é graduação?

A graduação é a etapa da formação acadêmica pela qual um estudante deve passar para receber sua primeira certificação em ensino superior, ou seja, o primeiro nível oferecido por instituições deste segmento. O ingresso em qualquer curso oferecido para graduação é feito somente após a conclusão do Ensino Médio e o aluno deverá comprovar essa informação por meio de documentação oficial emitida por parte da escola – pública ou particular – onde realizou o curso.

Desta forma, para que um aluno inicie o processo de formação por meio de curso de graduação é requerido o histórico do Ensino Médio, assim como é exigido o diploma do curso de graduação para quem deseja realizar um programa educacional de Pós-Graduação.

O ingresso em instituições de ensino superior é feito por meio de prova vestibular para a seleção de candidatos. A graduação, nos sistemas de educação superior inspirados no modelo francês se refere ao primeiro título universitário recebido por um indivíduo. Em geral, o termo graduação está cotidianamente associado também à ideia de formação profissional de nível superior, técnico-científico.

Os cursos de graduação no Brasil estão tradicionalmente ligados às grandes áreas do conhecimento como Informação, Pedagogia, Educação Física, Biologia, Administração de empresas etc. Estão distribuídos nos seguintes graus acadêmicos:

- Bacharelado. Habilita o seu titular a ser um Bacharel em diferentes áreas do conhecimento. Tem duração normal de três a seis anos e é oferecido na maioria das áreas de estudo em Artes, Segurança Pública, Ciências Humanas, Ciências Sociais, Matemática, Ciências Naturais e nas profissões regulamentadas pelo Estado, por exemplo Administração, Arquitetura, Direito, Engenharia Civil, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Odontologia, Veterinária, entre outros que constam no cadastro de cursos superiores do MEC. Incluem-se entre os bacharelados aqueles cursos que concedem titulação profissional.

- Licenciatura. Habilita o seu titular a ser um professor em diferentes áreas do conhecimento, especialmente na Educação Básica, podendo atuar também em outros níveis.

- Tecnologia. Habilita o seu titular a ser um Tecnólogo ou Tecnologista, ou seja, mão-de- obra Técnico-Científica especializada em diversas áreas do conhecimento, cobrindo demandas específicas do mercado. São formações possíveis: Tecnólogo em Eletrônica, Eletroeletrônica, Telemática, Mecatrônica, Gestão Tributária, Gestão Ambiental, Gestão Pública, Construção Civil, Química Agroindustrial, Citotecnologia, Sistemas de Informação, Redes de Computadores, Marketing, Logística etc.